Skip to main content

Quando a oportunidade aparece, é preciso ter atitude!

Laércio Andrade Souza tinha 14 anos quando entrou para um programa da United Way Brasil. As aulas aconteciam na sede da PwC. As conversas com os profissionais de departamento pessoal abriram os horizontes do adolescente, que nasceu e viveu em uma comunidade, no bairro do Jardim Peri, em São Paulo. Filho de dona Cida, diarista, e o segundo entre cinco irmãos, o jovem se viu diante de uma oportunidade única: os que se destacassem no curso e na entrevista trabalhariam na PwC. Laércio foi um dos selecionados. 

 

 

O seu salário ajudou a melhorar a situação financeira da família de seis pessoas. O programa também quebrou velhos paradigmas de que indivíduos em situação vulnerável não são capazes de vencer desafios e conquistar um espaço no mercado de trabalho. Laércio representa uma multidão de jovens que está provando o contrário. Hoje, aos 21 anos, atua no RH de outra empresa. Frequenta a faculdade de Gestão de Recursos Humanos e pretende cursar pós-graduação em Psicologia Organizacional. "O mundo é feito de oportunidades. A gente tem de aproveitá-las e agarrá-las com atitude", afirma o jovem, que deixa seu recado: "As empresas precisam investir mais em iniciativas como essa, do Terceiro Setor. Dessa forma, é possível descobrir novos talentos".

 

Nós concordamos com ele, e você?